Diogo Caldeira e Amaro da Silva durante treino na Raia Olímpica da USP.